Posts Tagged ‘Rolling Stones’

Natalia Nissen@_natiiiii

Antes tarde do que nunca! Minha ausência por aqui não é proposital, mas inevitável. E nada tão bom quanto ter uma semana de muito trabalho e na véspera do feriado dar de cara com uma música nova dos Stones, depois de sete anos. Li por aí que uma pá de gente não curtiu e esperava mais. Pra mim tá bom demais, os caras tão “velhos” e podiam se acomodar enquanto um monte de bandas meia-boca surgem por aí numa tentativa de fazer um décimo do que eles já fizeram.

Rolling Stones, pra mim, é o tipo de banda que pode até fazer esforço pra ser ruim, mas sempre vai sair alguma coisa aproveitável daquele som. Espero que o “GRRR!” – álbum de comemoração aos 50 anos dos Stones – seja bom, mas também não vou ficar esperando o melhor disco de todos os tempos. A estreia está prevista para daqui um mês, então, vamos aguardar.

E voltando a falar da “música do dia”, “Doom and Gloom” foi lançada hoje e já contabiliza mais de 160 mil visualizações (e audições!) no Youtube. O vídeo ficou legal e a música, apesar das críticas, também veio para lembrar aquilo que todo mundo já sabe: os caras são foda.  E já que amanhã é Dia das Crianças, fica aqui a dica: incentivem as crianças a ouvirem essas boas canções, assim, daqui a 50 anos elas vão conhecer os caras que um dia fizeram a gente acreditar no tal de rock and roll.

Ouçam e tirem suas próprias conclusões… enquanto eu ouço pela décima vez seguida.

Josefina Toniolo@jositoniolo

Capa da autobiografia

No Scream Awards 2009, ao anunciar Keith Richards como o Imortal do Rock do ano, Johnny Depp usou a seguinte frase: “Muito tempo depois de a humanidade incinerar o mundo, as únicas coisas que permaneceram vivas foram as baratas… e Keith Richards.”

Mesmo que essa piada seja velha, faz todo sentido. O homem tem 66 anos, abusou do uso de drogas praticamente toda vida  e está aí “firme e forte”. Com sua postura rebelde e com sua guitarra em mãos continua fazendo shows pelo mundo com os Rolling Stones.

Em outubro desse ano, ele lançou sua autobiografia chamada “Life” que, como era de se esperar, está causando muita polêmica. O projeto foi anunciado pelo guitarrista em 2007 e conforme o previsto foi finalizado esse ano.

O livro traz declarações pesadas  sobre a relação de amor e ódio com Jagger, sobre o uso quase  científico de drogas e sobre a banda. Mas as consequências já estão aparecendo.

Há boatos de que ele será cortado do quarto filme da franquia Piratas do Caribe, pois a produção diz que sua presença com toda a apologia que ele faz as drogas, não faz bem para a imagem do filme.

Também não era para menos, com declarações como essa presente no seu livro:

Não apenas à alta qualidade das drogas que tomei que atribuo minha sobrevivência. Eu era muito meticuloso quanto à quantidade. Eu nunca tomaria mais para ficar um pouco mais alterado. É aí que muitos se f… com as drogas.

Talvez alguns pais realmente não gostariam que seus filhos tivessem contato com alguém que fala esse tipo de coisa… Como se isso fosse possível! Tudo bem que ele falou algumas besteiras no seu livro, alguns gostaram e outros não.  Mas o cara é uma lenda viva do rock e disso não há como e nem porquê discordar.

E indo contra todas as leis da natureza, ele ainda viverá muitos anos, pois provavelmente encontrou a fonte da juventude eterna… E quem sabe daqui a outros 66 anos, em alguma futura biografia, ele conte seu segredo a nós, meros mortais.